Quem sou eu

"Um Gaucho que tem o Rio Grande do Sul no coração e o Brasil no nome".

18 de nov de 2010

Aposentado paga vaga de parquímetro para seu cavalo em Santa Maria

Para poder almoçar com a filha, Dalton Luiz Zappe amarrou o animal, com o tíquete à mostra, em uma placa do estacionamento Atualizada às 22h36min

Uma cena um tanto incomum chamou a atenção de motoristas e pedestres que passavam pela Rua Venâncio Aires, em Santa Maria, no começo da tarde desta quinta-feira. Acostumados a disputar espaço com os carros as vagas dos parquímetros, os condutores se depararam com um meio de transporte diferente. Um cavalo estava amarrado a uma placa indicativa do estacionamento pago. E o mais curioso, com um tíquete dos parquímetros, garantindo sua permanência por pelo menos uma hora.

O dono do animal é o aposentado Dalton Luiz Zappe, 56 anos. Morador do distrito de Boca do Monte, ele resolveu vir até a cidade para almoçar com a sua filha, Larissa Zappe, para comemorar seu aniversário.

Cleomar diz: Azááááá loco véio!

17 de nov de 2010

Teste do AMOR

O que você tem a fazer é fixar os olhos por alguns segundos no centro dos círculos rosas, onde está escrito You’re Cool (imagem abaixo).
Pronto? Então, confira os resultados:

1 Quem viu, em menos de cinco segundos, um coração verde dando voltas no círculo está perdidamente apaixonado(a).

2 Quem levou menos de 10 segundos para ver o coração verde, gostaria de ter alguém ao seu lado.

3 Se em 10 segundos você não conseguiu ver o coração verde, é sinal de que, no momento, não está a fim de amar.
ATENÇÃO: Se a imagem não se move, clique nela.




15 Curiosidades sobre SEXO

Tem cada coisa no mundo sobre sexo! Veja só:

1. Na Grécia antiga, pênis pequenos e eretos eram admirados pelas mulheres, enquanto que os grandes eram considerados antiestéticos.

2. Durante a Idade Média, acreditava-se que homens e mulheres produziam espermatozóides.

3. O castigo para adultério na Roma dos césares era a amputação do nariz.

4. Na Inglaterra, até 1884, uma mulher podia ser presa por negar sexo a seu marido.

5. Na antiga Babilônia os homens oferrciam suas esposas como pagamento por serviços prestados.

6. Data de dezembro de 1953 a primeira edição da revista Playboy. A publicação, com Marilyn Monroe na capa, custava 50 centavos de dólar.
marilyn_monroe
7. Dizem que o o faraó Rameses II teve 160 filhos.

8. Na Idade Média, segundo a igreja católica, o sexo só deveria ser praticado como forma de procriar. Os religiosos da época advertiam ainda que não se deveria estimular o prazer durante a transa.

9. Na época vitoriana as mulheres menstruadas eram tratadas como doentes e obrigadas a permanecer na cama durante o período crítico.

10. Uma emissora de televisão de São Franciso, nos Estados Unidos, foi a primeira a colocar no ar um comercial de preservativo. Aconteceu em 1987.

11. O sexo oral é considerado ilegal nos estados norte-americanos do Arizona, Flórida, Minesota, Lousiana, Carolina do Norte e do Sul, Utah e Virginia.

12. Por 100 anos a Igreja Católica só admitiu umaa posição sexual: a de papai e mamãe.

13. Até 1972 a homossexualidade era considera doença mental nos Estados Unidos.

14. Teodora, antes de casar-se com o imperador Bizantino Justiniano I, era prostituta.

15. En 1996, os norte-americanos gastaram 8 bilhões de dólares com material pornográfico.

Veja também:

Camisinha Interativa

Uma camisinha hi-tech, chamada iCondom (marca de origem russa), promete ser a nova sensação do mercado do sexo.
icondom
O criador da novidade, Steve Jones garante, em um vídeo, que seus clientes se sentirão mais seguros e orgulhos quando transarem.
Jones diz que levou quatro anos para desenvolver a iCondom e que ela faz parte da iMemoria, tecnologia que permite detectar, durante o ato sexual, se o usuário teve alguma baixa de rendimento.
O Steve Jobs dos preservativos oferece ainda o iTree para manter a máxima lubricação do pênis e o iFood, com vários sabores, para quem pratica sexo oral.
Em seu site, Jones explica em vídeo detalhes de seu produto, que por sinal, é caro que dói: 399 dólares.

Solidão Afeta Ovelhas

Cientistas do Instituto Babraham em Londres (Inglaterra) descobriram que ovelhas, assim como humanos, precisam ver "rostos" conhecidas depois de algum tempo sozinhas. Na pesquisa, levaram-se os animais para celeiros escuros. As ovelhas ficaram sozinhas e, depois de algum tempo, projetaram-se numa tela imagens de cabras, ovelhas, cordeiros e outros animais, além de formas geométricas e outras figuras.

Ao longo da projeção, mediu-se o nível de estresse dos bichos, monitorando suas batidas cardíacas, inquietação e o número de vezes que baliram. Também foram feitos outros testes como o de cortisol e de adrenalina - indicadores químicos de estrese - no sangue. As imagens de cabras e de triângulos foram as que menos inquietaram as ovelhas. E quando eram mostradas imagens de outras ovelhas, os animais acalmavam-se. "Isso mostra que não apenas elas podem reconhecer umas às outras, o que é suficientemente interessante, mas também que têm as mesmas emoções que nós, em relação aos rostos", defendeu Keith Kendrick, coordenador da equipe de pesquisa.

Há três anos, Kendrick provou que as ovelhas podiam reconhecer até 50 caras de ovelhas e 10 rostos humanos até dois anos depois da convivência com as pessoas e os animais das fotografias. Além de sugerir formas de acalmar as ovelhas em caso de uma viagem, por exemplo, o estudo ainda tem uma extensão humana. Pela já comprovada similaridade entre os mamíferos, mostrar fotos de pais pode ajudar, caso tenham de ficar longe de casa.

Fonte: 26/08/2004 – Internacional - JB Online - http://jbonline.terra.com.br/

Curiosidade Animal

Você sabia que...
Um dos mais mortais animais na face da Terra, também chamada de "Sea Wasp".
Essa água-viva, com corpo meio quadrado, habita o Norte e Nordeste da Austrália, e pode ser encontrada por toda a extensão da Barreira de Corais, ou seja: Por cerca de 2.000 Km.
A toxina presente nos tentáculos que chegam à muitos metros de comprimento, é tão forte, que os poucos sobreviventes de um encontro com uma Box Jellyfish, descrevem a dor mais como um choque elétrico constante, do que uma queimadura...

16 de nov de 2010

Coisas Incríveis feitas de Madeira

Um DEDO de madeira é a prótese mais antiga que se tem notícia. Ela foi escavada numa pesquisa arqueológica no Egito e pertenceu a algum homem rico que perdeu o dedão do pé. Neste caso, “vai-se o corpo mas o dedão fica”.

Funcionário demitido da NASA revela coisas incríveis.


O ex-gerente de Dados e do Departamento de Controle de Fotografia do Laboratório Receptor Lunar da Nasa durante o Programa Lunar tripulado Apollo, Ken Johnston, liberou totalmente recentemente várias declarações sensacionais nos EUA. O especialista disse que os astronautas norte-americanos acharam ruínas antigas de origem artificial e uma tecnologia previamente desconhecida para controlar a gravitação quando a missão pousou na Lua. Os astronautas tiraram fotos dos objetos que eles acharam, mas a NASA ordenou que Johnston destruísse as imagens. Johnston não seguiu a ordem. Ele disse que o governo norte-americano estava mantendo esta informação um segredo durante 40 anos.

As alegações assustadoras de Johnston sobre a missão Apollo apareceram recentemente em um novo livro chamado "Dark Mission: the Secret History of NASA", (A Missão Escura: a História Secreta da NASA) de co-autoria com o consultor da NASA e Conselheiro científico da CBS, Richard C. Hoagland e Mike Bara, um consultor de engenharia aeroespacial. De acordo com Kay Ferrari, Diretor da JPL do Programa SSA (em um telefonema para Johnston semana passada), foi Johnston que era citado como crítico da NASA no livro novo de Hoagland, "Dark Mission" (Missão Escura), isso a incitou pedir a resignação de Johnston do Programa SSA. Quando Johnston se recusou, citando primeiro as proteções da Emenda de liberdade de expressão a disposição de todos os empregados da NASA, até mesmo aos que pertencem a JPL, Ferrari decidiu removê-lo arbitrariamente do Programa SSA esta semana sem uma real causa aparente.

As fotos de baixa qualidade que estão no livro mostram ruínas de edifícios, uma enorme cúpula como se fossem objetos feitos de vidro, torres de pedra e castelos pendurados no ar.

"Não tenho nada que perder. Briguei com a NASA e fui despedido", Ken Johnston disse.

Realmente, a NASA acredita que as alegações sobre a civilização antiga achada na Lua não são sérias. Os autores do livro controverso também dizem que o presidente John F. Kennedy que lançou a corrida lunar com a União soviética realmente pretendia compartilhar tecnologias extraterrestres com Moscou. Fazendo um discurso nas Organizações das Nações Unidas em setembro de 1963, Kennedy ofereceu supostamente para a URSS para organizar uma missão em conjunto à Lua.

Richard Hoagland acredita que o interesse de Washington na exploração de Lua que apareceu de repente depois de 30 anos de silêncio está baseado nos achados lunares que o governo norte-americano tem mantido em segredo durante 40 anos. Rússia, China, Japão e até mesmo a Índia anunciaram publicamente os seus planos para trabalhar na exploração da Lua. O EUA, Hoagland disse, quer ser neste momento o primeiro.

Em dezembro a NASA anunciou planos para construir para uma base internacional em um dos pólos da Lua. A base será terminada antes de 2024. O fabricante de foguete de lançamento da Rússia, Energia, tem um programa mais ambicioso: construir uma base tripulada permanente na Lua antes de 2015.

A Rússia diz que a base será construída para desenvolver a produção industrial de hélio-3. Especialistas norte-americanos preferem não dizer nada específico sobre assunto. Para coroar tudo isso, a China lançou seu primeiro satélite à Lua no dia 24 de outubro. A China também pretende lançar uma base lunar e uma sonda espacial não tripulada à Lua antes de 2010.

Isótopo não radioativo do hélio, o hélio-3, é um combustível poderoso para a síntese nuclear. Só seis toneladas deste combustível proveriam energia suficiente para abastecer um grande país europeu durante um ano. A qualidade do gás (produção livre de poluição e rendimento muito alto) faz com que muitos países tratem esta perspectiva com a maior seriedade possível. A Alemanha, Índia e China conduzem vários trabalhos de pesquisa para desenvolver métodos de extração de hélio-3.

Hoagland e Johnston também pretendem provar que a NASA age virtualmente como outro departamento de defesa dos Estados Unidos, intitulado para classificar importantes informações técnicas e científicas sem o controle do congresso americano.

Hoagland disse que os astronautas americanos poderiam entregar amostras de tecnologias extraterrestres secretamente da Lua para a Terra. As tecnologias, o cientista diz, empurre todas as nações líderes do mundo para uma nova corrida lunar. "Ao contrário da corrida espacial anterior entre a URSS e o EUA, esta nova determinará a vida de todo ser humano na Terra", disse Hoagland.

Hoagland e Johnston acham que os EUA intensificarão deliberadamente os lançamentos do ônibus espacial para fechar o programa à frente cronograma inicial que utilizará uma nova espaçonave Contellation, que permitirá os EUA pousar novamente na Lua.

Richard Hoagland diz que a NASA esconde vários outros segredos, inclusive a descoberta de micróbios na superfície de Marte. A descoberta foi feita supostamente através da sonda espacial não tripulada Viking em 1976.

15 de nov de 2010

Porque as pessoas falam errado?


O preconceito lingüístico é baseado na idéia de que só o que você aprendeu na escola e o que está no dicionário são de fato o português correto. Qualquer ocorrência que questione essa idéia será vista e tratada como “grosseria”, “ignorância” e “burrice”, podendo muitas vezes até servir de chacota para alguns.
Os preconceituosos mal sabem que pronunciar o R ao invés do L, por exemplo, “Cráudia”, pode não se tratar de um erro, e sim, de um fenômeno fonético que contribuiu para a formação da própria língua portuguesa padrão.
Isso por que muitas palavras do português-padrão eram escritas com R, onde nitidamente deveria ser um L, por exemplo, a palavra cravo era clavu, prata era plata. E nem por isso Luís de Camões, que escreveu ingrês, frauta, frecha em suas obras, e toda a população que acompanhou a formação da língua portuguesa eram considerados possuidores de um “atraso mental”.
Existem casos em que a dificuldade de produzir encontros consonantais trata-se de problemas físicos e podem ser resolvidos com terapia fonoaudiológica, mas o caso aqui é de pessoas cujo sistema fonético não possui encontro consonantal com L. Esse problema deve ser encarado na escola com consciência de que se trata de um aspecto fonético “estrangeiro” e não erro de pronuncia, assim como que para alguns é muito difícil pronunciar certos sons em inglês.
As diferentes maneiras de pronunciar determinados sons podem ser explicadas através do fenômeno fonético palatalização. Um exemplo deste fenômeno é pronunciar a consoante T como (ts) toda vez que é seguida de (i). Para muitos é absolutamente normal ver um carioca pronunciar a palavra titia com um chiado (tsitsia), mas quando se trata de um nordestino que fala oytsu ao invés de oito, se acha “ridículo” e até mesmo “engraçado” embora seja o mesmo fenômeno.
O que é realmente ridículo é a maneira como essas diferenças são tratadas, pois não se trata da língua simplesmente, mas sim de quem fala e de onde fala. O preconceito lingüístico é decorrente do preconceito social, e assim como com classes sociais, existe também o preconceito contra a fala característica de algumas regiões. Isso sim eu considero como um atraso mental.
Semana passada me perguntaram:_Porque os mais velhos falam errado?
Os nossos avós na maioria das vezes acabam pagando por isso, pois não tiveram a instrução linguística que nós tivemos, eles estavam preocupados em trabalhar e trabalhar para nos garantirem um futuro melhor, e naquela época nem todos podiam fazer faculdade, hoje qualquer um faz é só querer.
E tem os que escrevem errado, mas essa é outra postagem que farei.
Porém acho que se voce entendeu o que os outros falaram, não importando se falaram errado, basta, afinal você entendeu. não é "memo"?